Bolsa sobe 1,5% com forte impulso de Petrobras e Vale

·3 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09.05.2015 - Painéis de indicadores econômicos na sede da Bolsa de Valores de SP. (Foto: Diego Padgurschi/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09.05.2015 - Painéis de indicadores econômicos na sede da Bolsa de Valores de SP. (Foto: Diego Padgurschi/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Bolsa de Valores subiu 1,50% nesta terça-feira (23), a 103.653 pontos, puxada pela forte alta da Petrobras e desempenho importante da Vale.

O dólar avançou 0,25%, a R$ 5,6080, ainda refletindo preocupações sobre o risco fiscal do país, mas principalmente acompanhando a valorização global da moeda americana com a expectativa de que o Fed (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos) antecipe o aumento dos juros.

A expectativa de alta dos juros básicos nos Estados Unidos ganhou força após a recondução de Jerome Powell para o segundo mandato à frente do Fed, indicando que ele dará sequência à retirada de estímulos criados na pandemia.

As ações preferenciais da Petrobras saltaram 5,46% em um dia de comunicados que agradaram aos investidores e de alta expressiva do petróleo no mercado internacional. O barril do Brent avançou 3,54%, a US$ 82,52 (R$ 465,82).

A estatal comunicou que avalia com avançados dois processos de venda de refinarias. Além disso, também comunicou nesta terça que bateu recorde de importação de cargas de gás natural liquefeito neste ano, com um total de 104 operações até 4 de novembro, em meio a importações em patamares históricos para atender a forte demanda de térmicas diante de uma grave crise nos reservatórios de hidrelétricas.

As ações da Braskem tiveram a maior valorização do dia (6,68%) após a Petrobras negar a sua intenção de vender agora a sua participação minoritária na empresa. O movimento de alta nos papéis é atribuído à recompra feita por investidores que tinham vendido suas ações e que, agora, passam a vislumbrar ganhos maiores quando a estatal concretizar o fim da sua participação na empresa.

Os papéis ordinários da Vale subiram 2,63%, com investidores animados pela quarta alta seguida nos preços dos contratos futuros do minério de ferro. A commodity também avançou quase 1% no mercado à vista na China.

No cenário da política doméstica, o relator da PEC dos Precatórios e líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), anunciou que vai promover mudanças no texto, incluindo a definição do Auxílio Brasil como um programa social de caráter permanente.

Bezerra afirmou que a matéria poderá obter entre 51 e 53 votos na votação em plenário, pouco acima dos 49 necessários para a aprovação de uma mudança na Constituição.

O mercado avalia a PEC dos Precatórios, que fura o teto de gastos e dá calote em dívidas judiciais da União, como uma saída viável para que o governo pague o Auxílio Brasil, feche o orçamento de 2022, e assim ofereça maior previsibilidade sobre a situação fiscal do país no próximo ano.

O dia foi de ganhos também no setor de frigoríficos, após a China informar que aceitará pedidos de importação de carne bovina brasileira que tenham recebido certificado sanitário antes de 4 de setembro, potencialmente permitindo que os carregamentos retidos nos portos chineses finalmente sejam liberados para entrar no país.

Ainda sobre o setor, a Rússia anunciou que retomará a importação de carne bovina e suína de 12 unidades brasileiras. A maioria das restrições aos produtores brasileiros está em vigor desde 2017, devido a alegações do uso do aditivo ractopamina na alimentação das criações, o que grupos brasileiros da indústria de carne negaram.

As ações da Minerva subiram 3,68%. As da Marfrig, 2,67%. A BRF e a JBS avançaram 0,89% e 0,57%, respectivamente.

Em Wall Street, o índice Nasdaq caiu 0,50%, reforçando o viés de baixa do setor de tecnologia devido à expectativa de alta nos juros.

O Dow Jones e o S&P 500 subiram 0,55% e 0,17%, respectivamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos