Bolsonarista fica pendurado em caminhão após veículo furar bloqueio

Um caminhão passa pelo bloqueio de manifestantes pró-Bolsonaro na rodovia BR-251 (Foto: Mateus Bonomi/Anadolu Agency via Getty Images)
Um caminhão passa pelo bloqueio de manifestantes pró-Bolsonaro na rodovia BR-251 (Foto: Mateus Bonomi/Anadolu Agency via Getty Images)

Uma nova cena das manifestações bolsonaristas tomou conta das redes sociais nesta quinta-feira (3). Um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) ficou agarrado na parte dianteira de um caminhão em movimento que furou o bloqueio promovido pelos manifestantes nas rodovias.

O homem vestido de camisa e boné na cor amarela se segura na parte dianteira do veículo que segue em movimento.

"Cara subiu aí e disse que não vai descer, parei para ele descer e não desce", explica o motorista no vídeo.

Um tempo depois, o bolsonarista sinaliza que quer descer. Na sequência, o condutor conversa com o homem e diz que vai parar para que ele possa sair em segurança.

"Você vai descer?" Vou parar ali para você descer, você desce, beleza?, disse o condutor do caminhão, enquanto o homem acena positivamente.

O caminheiro alerta que não está buscando problemas, só tentando trabalhar.

"Não quero confusão, eu estou trabalhando. Saí da minha casa, tenho três filhos, não quero problema, certo?", acrescentou o motorista.

Outro ângulo mostra o risco que o homem correu ao ficar pendurado no para-brisa do caminhão. As imagens viralizaram nas redes sociais, mas os envolvidos e o local do ocorrido ainda não foram identificados.

Desde o dia 30 de outubro, após o resultado das eleições ter definido Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como o presidente eleito, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) estão nas ruas e rodovias pedindo uma suposta intervenção federal e militar para evitar que o petista assuma o cargo no dia 1º de janeiro de 2023. A obstrução das vias tem causado diversos problemas no País, como a perda de cargas de alimentos e itens essenciais. Além disso, fechar as vias constitui ato ilegal.

Até esta quarta-feira (2), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já havia aplicado R$ 18 milhões em multas a dois mil bolsonaristas envolvidos nos bloqueios de rodovias federais durante os atos antidemocráticos.