Bolsonarista promete viagem grátis e R$ 100 para quem for ao 7 de Setembro no Rio

Bolsonarista promete viagem grátis e R$ 100 para quem for ao 7 de Setembro no Rio de Janeiro. REUTERS/Diego Vara
Bolsonarista promete viagem grátis e R$ 100 para quem for ao 7 de Setembro no Rio de Janeiro. REUTERS/Diego Vara

Um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) está oferecendo passagem paga e R$ 100 para quem quiser ir ao ato do 7 de Setembro em Copacabana, no Rio de Janeiro. A colunista Letícia Gonçalves, do portal A Gazeta, apurou que o corretor de imóveis Hércules Emmerich, do Espírito Santo, começou a divulgar o 'pacote' desde o último sábado (3) no grupo de Whatsapp "Corretores Unidos ES".

A mensagem enviada era "ônibus confortável 0800 + ajuda de custo R$ 100", seguida de um áudio do bolsonarista.

"Cidadania pura. O ônibus sai daqui dia 6 à noite, amanhece no Rio, a galera fica liberada, tem uma ajuda de custo de R$100, patrocinada por um empresário. Participa das comemorações do dia 7 de Setembro, aí o nosso presidente vai fazer uma motociata e dar um pronunciamento. Depois do pronunciamento o ônibus vai embora", disse via mensagem.

O corretor deu uma condição para quem quiser aderir a viagem: "Se não for Bolsonaro, não adianta nem...Nós fazemos um checklist na hora lá, já passamos um medidor, e a gente já sabe quem é petista e quem é Bolsonaro", disse Hércules para a colunista.

Ao contrário dos apoiadores, candidatos em palanques bolsonaristas nos estados têm evitado chamar apoio ao evento. No Rio, o governador Cláudio Castro (PL) não bateu o martelo sobre sua presença nos atos.

Bolsonaro deve chegar em motociata

O presidente vai chegar à manifestação do dia Dia da Independência em motociata com apoiadores. A manifestação contará com trios elétricos e palanque.

Segundo o jornalista Guilherme Amado, o candidato à reeleição deverá sair às 13h22 - uma referência ao número do seu partido - do Monumento dos Pracinhas, no Centro da capital fluminense, em direção ao Forte de Copacabana, onde ocorre um evento das Forças Armadas.