Bolsonarista tentou agredir Ciro Gomes em Porto Alegre, diz assessoria

O homem, identificado como Lisandro Vargas Vila Nova, ainda disse estar armado e tentou causar confusão durante a passagem da comitiva de Ciro pelo Acampamento. (AP Photo/Andre Penner)
O homem, identificado como Lisandro Vargas Vila Nova, ainda disse estar armado e tentou causar confusão durante a passagem da comitiva de Ciro pelo Acampamento. (AP Photo/Andre Penner)

A equipe jurídica do candidato à presidência Ciro Gomes registrou Boletim de Ocorrência (BO) após um homem tentar agredir o pedetista na tarde deste sábado, 10. De acordo com a assessoria, o acusado é apoiador de Jair Bolsonaro (PL) e precisou ser retirado pela Polícia Federal do Acampamento Farroupilha.

O homem, identificado como Lisandro Vargas Vila Nova, ainda disse estar armado e tentou causar confusão durante a passagem da comitiva de Ciro pelo Acampamento, tradicional evento realizado em Porto Alegre. A brigada militar do Rio Grande do Sul registrou ocorrência no local.

Embora tenha afirmado estar armado, ele foi revistado e nada foi encontrado. "A equipe jurídica de Ciro já registrou Boletim de Ocorrência para que o caso seja apurado e as medidas legais contra o agressor sejam cumpridas", encerra a nota.

O candidato ainda não se manifestou nas redes sociais.