Bolsonaristas acompanham queima de fogos em pontapé do 7 de Setembro em Brasília

BRASILIA, DF, 7-9-2022 -  Público pede que Forças Armadas sejam acionadas pelo presidente e
BRASILIA, DF, 7-9-2022 - Público pede que Forças Armadas sejam acionadas pelo presidente e

FOLHAPRESS - Centenas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) se reuniram na Torre de TV, no centro de Brasília, para uma queima de fogos de artifício em celebração ao 7 de Setembro.

O espetáculo começou à 0h e contou com uma apresentação que combinava a queima de fogos com o hino da Independência. O espetáculo de fogos durou pouco mais de dois minutos.

Depois disso, o público puxou gritos de "mito" e houve xingamentos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), adversário de Bolsonaro nas eleições. O evento se encerrou com o hino nacional, mas desta vez sem fogos. Depois, o público presente começou a deixar o local.

A queima de fogos de artifício foi divulgada por canais de comunicação oficial do governo.

Em um texto, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) disse que seria um evento "à maneira de espetáculos só antes realizados em Paris e Dubai".

"Já no seu primeiro minuto, à maneira de espetáculos só antes realizados em Paris e Dubai, o 7 de setembro de 2022 será recebido por uma grande apresentação piromusical que, cobrindo os céus da esplanada, unirá à queima de fogos o entoar do Hino da Independência", afirma o texto.

Na madrugada, Bolsonaro postou nas redes sociais um vídeo com os fogos. "Já raiou a liberdade no horizonte do Brasil", ele escreveu.