Bolsonaristas ganham milhares de seguidores após Musk comprar Twitter

Desde o anúncio de que Elon Musk comprou o Twitter, Jair Bolsonaro teve aumento expressivo de seguidores (Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Desde o anúncio de que Elon Musk comprou o Twitter, Jair Bolsonaro teve aumento expressivo de seguidores (Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

Resumo da notícia

  • Após Elon Musk comprar o Twitter, perfis de bolsonaristas tiveram alta expressiva de seguidores

  • Bolsonaro ganhou cerca de 100 mil novos seguidores; 93% foram criados nos últimos dois dias

  • Especialista em tecnologia afirma que cresicmento não foi orgânico

Na última segunda-feira (25), o mundo soube que o homem mais rico do planeta, Elon Musk, comprou o Twitter. Um dia após o anúncio da aquisição, perfis de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) tiveram um aumento significativo no número de seguidores.

A movimentação foi notada por Christopher Bouzy, especialista em tecnologia e criador do perfil BotSentinel, cujo objetivo é apontar a presença de robôs nas redes sociais. Segundo Bouzy, Bolsonaro ganhou 65 mil novos seguidores entre segunda e terça e, entre eles, 93% dos perfis foram criados desde segunda.

“Nós terminamos de analisar as 65 mil contas que começaram a seguir Jair Bolsonaro”, escreveu no Twitter na terça. “61.299 foram criadas desde ontem.” Nesta quarta-feira (27), Bouzy informou que o presidente já tinha mais 36,2 mil novos seguidores.

A média de novos seguidores de Bolsonaro, desde 13 de abril, era de 4,2 mil. Os números são da ferramenta de monitoramento Social Blade.

Além do presidente, os filhos dele também ganharam um grande número de seguidores no Twitter desde que Elon Musk comprou a rede social. Segundo dados divulgados pela Folha de S. Paulo, o 02, Carlos Bolsonaro (Republicados), tem 17 mil novos seguidores. O 01, Flávio Bolsonaro (PL), somou cerca de 15 mil desde segunda-feira.

Antes da aquisição da empresa pelo bilionário, cada um dos filhos tinha média de mil novos seguidores por dia.

Outros bolsonaristas que ganharam um número expressivo de seguidores foram a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), com 23 mil novos perfis que a seguem, além de Hélio Lopes, com 10 mil seguidores em dois dias.

Christopher Bouzy escreveu ainda nas redes sociais que estava sendo questionado sobre a possibilidade de o crescimento de seguidores dos bolsonaristas ser orgânico, isto é, sem ajuda de robôs, apenas por pessoas reais. “A resposta curta é não. Eu não acredito que dezenas de milhares de brasileiros decidiram criar novas contas ao mesmo tempo e seguir Bolsonaro porque Elon Musk está comprando o Twitter”, declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos