Bolsonaro é chamado de 'burro' em série mexicana em cena que discute aborto

Mais uma série internacional andou provocando o presidente Jair Bolsonaro. Enquanto “Westworld”, da HBO, pode ter se inspirado na realidade, “A casa das flores”, série mexicana da Netflix, disse com todas as letras ao usar o nome do brasileiro como sinônimo para uma ofensa. A fala sai da boca de Paulina (Cecília Suarez), que defende que uma personagem, com risco de morrer, faça um aborto.

“Você é burro? Você é do Alabama (estado dos EUA)? Seu sobrenome é Bolsonaro ou o quê?”, disse.

No Twitter, a atriz se divertiu com os memes e voltou a provocar:

“A frase se aplica em diferentes momentos (risos)”.

A fala está no quinto episódio da terceira, e última, temporada da série. “A casa das flores” foca em uma família rica dona de uma floricultura e uma casa de strippers.

O que mais ver na TV:

‘Parks and recreation’, humor no governo

A comédia, que simula um documentário, foca no dia a dia de Leslie (Amy Poehler, na foto), diretora do Departamento de Parques de uma cidade fictícia. Sua primeira missão é transformar um canteiro abandonado em área de lazer. No meio do caminho, estão vizinhos mal-humorados. No Globoplay.

‘Harrow’, resolvendo casos bizarros

O médico legista Daniel Harrow (Ioan Gruffudd, na foto) é extremamente dedicado ao trabalho e fica indignado com a incompetência das autoridades em solucionar casos de morte. No primeiro episódio, desvendará um feminicídio. Segundas, 22h55, no AXN.

‘Hollywood’, a era de ouro do cinema

Criada por Ryan Murphy (“Glee” e “Pose”), a série é ambientada logo após a Segunda Guerra Mundial e é focada na indústria do cinema. Atores e cineastas aspirantes fazemtudo para conquistar o sucesso, mas sofrem com os preconceitos. Na Netflix.