Café da manhã reúne cerca de 30 pessoas no Alvorada, sem máscaras nem distanciamento

Bolsonaro reúne-se com parlamentares (Foto: Marco Corrêa/PR)

Em meio à pandemia do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (29), recebeu cerca de 30 pessoas, entre deputados e ministros, para um café da manhã no Palácio da Alvorada. Sem máscara nem distanciamento, o presidente também tirou fotos com os parlamentares.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Segundo a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), na reunião, as autoridades discutiram os assuntos que estão em pauta no Brasil, bem como as ações do Governo Federal no combate ao Covid-19 nas vertentes econômica e sanitária. Ela informou que foi feita ainda uma avaliação do atual cenário político e os próximos passos para a criação do partido Aliança Pelo Brasil.

Leia também

Sem comentar sobre as recomendações de isolamento defendidas pelo Ministério da Saúde, a deputada disse que o café da manhã foi muito produtivo. “Esclarecemos dúvidas, expomos nossas opiniões e nos colocamos à disposição para ajudar o Governo a continuar trabalhando pelo bem do Brasil”, afirmou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo ela, “é hora de nos unirmos e mostrarmos que o único propósito nosso, do presidente e de todo o Governo Federal é o de encontrar soluções para os problemas e buscar pelo caminho da saúde, prosperidade e bem-estar da população”.

Na saída do encontro, o presidente bateu boca com jornalistas por conta de sua fala sobre as mortes por novo coronavírus ontem. Acompanhado de deputados da base aliada, o presidente considerou que a imprensa deturpou suas declarações sobre o recorde diário de mortes registradas pelo novo coronavírus no Brasil.

“E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre”, disse ao ser questionado por um repórter ontem, no Palácio da Alvorada.

Na terça-feira, o Ministério da Saúde anunciou que subiu para 5.017 o número total de mortes provocadas pela doença no país, 474 delas registradas nas últimas 24 horas. Com os dados atualizados, o Brasil ultrapassou a China, que registra oficialmente 4.643 mortes por conta da Covid-19.


Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.