Bolsonaro acusa aliados de tumultuarem escolha de vice para 2022: 'Quem escolhe sou eu'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro reagiu com irritação à especulação crescente sobre o seu candidato a vice-presidente nas eleições de 2022. Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada nesta segunda-feira, o presidente afirmou que alguns aliados estão querendo tumultuar a questão, mas que a escolha será sua.

— Acertei com o Valdemar muita coisa, não está escolhido o vice, o vice quem vai escolher sou eu — afirmou Bolsonaro.

O presidente lamentou que algumas coisas estariam sendo vazadas para a imprensa por pessoas do seu governo. Segundo Bolsonaro, o objetivo disso seria tumultuar. Nesta segunda-feira, o nome do ministro da Defesa, Braga Netto, foi especulado como um possível nome para a composição da chapa.

No último dia 29, o GLOBO revelou que após o presidente Jair Bolsonaro deixar claro que não conta com Mourão para o projeto da reeleição, o vice passou a conversar recentemente com o ex-ministro Sergio Moro. Pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo Podemos, o ex-juiz da Operação Lava-Jato é desafeto declarado do chefe do Executivo federal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos