Bolsonaro afirma que fará 'pequena mudança ministerial'

·1 minuto de leitura

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que está planejando uma "pequena mudança ministerial", que seria realizada na próxima segunda-feira. Bolsonaro não disse quais ministros devem ser trocados.

— Estamos trabalhando, inclusive, uma pequena mudança ministerial, que deve ocorrer na segunda-feira, para ser mais preciso, para a gente continuar aqui administrando o Brasil — declarou Bolsonaro em entrevista à Joven Pan Itapetininga.

Como o GLOBO mostrou, Bolsonaro avalia substituir o ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, para conter insatisfações de aliados do Centrão. Para o posto, Bolsonaro sondou o senador Ciro Nogueira (PI), presidente do Progressistas, um dos principais partidos da base do governo.

Insatisfeito com o desempenho do governo na CPI da Covid e com a articulação política, Bolsonaro comunicou a Ramos, em conversa no Planalto na terça-feira, que precisaria do cargo. No mesmo dia, o presidente conversou com Ciro, um dos líderes do Centrão, para assumir o posto. Uma reunião nesta quarta-feira no Palácio do Planalto pode sacramentar o novo desenho do Planalto.

Homem de confiança de Bolsonaro, Ramos pode ficar com a Secretaria-Geral da Presidência, atualmente comandada por Onyx Lorenzoni, conforme mostrou o colunista Lauro Jardim. O presidente quer manter Onyx no governo, mas ainda não há um local definido e outras mudanças podem ocorrer.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos