Bolsonaro ameaça Barroso: 'Terá problemas sem voto impresso'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente Jair Bolsonaro fala durante cerimônia no Palácio do Planalto
Presidente Jair Bolsonaro ameça presidente do TSE, Luis Roberto Barroso (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)
  • Presidente Jair Bolsonaro ameaça presidente do TSE, Luís Roberto Barroso

  • 'Terá problemas sem voto impresso', disse presidente a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada

  • Se PEC do voto impresso não for aprovada, Bolsonaro disse que presidente do TSE terá de "inventar uma forma de tornar transparente as apurações"

Em conversa com apoiadores, nesta segunda-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso. Bolsonaro criticou a posição do ministro contra o voto impresso.

“Não sei o que tem na cabeça dele, ou se ele é refém de alguém para estar nessa campanha, interferindo dentro do parlamento, se reunindo com lideranças e falando seus argumentos contra o voto auditável”, disse.

Leia também:

O presidente afirmou que, se a Proposta de Emenda à Constituição que institui o voto impresso não for aprovada na Câmara, Barroso terá de “inventar uma forma de tornar transparentes as apurações. Senão ele vai ter problemas”.

“Não é a minha vida, mas se trata de algo muito importante, que é a nossa liberdade”, acrescentou.

Live com hackers

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na semana passada, que planeja realizar uma transmissão via redes sociais com hackers para testar a segurança das urnas eletrônicas no Brasil.

"Eu pretendo, estou tentando, já fizemos contato com as pessoas que entendem do assunto, são hackers, para fazer uma demonstração pública. Lógico que a televisão não vai mostrar, mas vou fazer uma live", afirmou.

O ministro Luís Roberto Barroso participa hoje de um debate no Senado sobre mudanças na legislação eleitoral previstas em uma série de projetos que tramitam na Casa. O presidente do TSE já declarou que pedido por voto impresso é para 'criar confusão e dar golpe'.

De autoria da deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF), a PEC do voto impresso deve ser votada nesta segunda na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos