Ex-motorista do jogador Fernando, condenado na Rússia, recebeu indulto e foi solto, diz Bolsonaro

Adriana Mendes
·1 minuto de leitura

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste domingo que a Rússia concedeu induto ao ex-motorista do jogador Fernando, que atuava no Spartak Moscou, Robson Nascimento de Oliveira que estava preso há dois anos por ter sido condenado pela Justiça da Rússia por contrabando e tentativa de tráfico de drogas.

Bolsonaro lembrou que Robson foi detido na Rússia depois de desembarcar em aeroporto russo com uma mala que continha medicamento controlado autorizado no Brasil, mas que é tido como droga naquele país. Ele levava duas caixas do remédio Mytedom 10mg, que contém a substância cloridrato de metadona, considerada ilícita pelos russos.

Segundo Bolsonaro, o ex-motorista já se encontra na embaixada brasileira na Rússia e deve retornar ao Brasil na quarta-feira .

— Como hoje é o dia de Páscoa Ortodoxa na Rússia, uma data importante pra eles, eles aproveitaram esse momento para conceder esse tipo de indulto. E o Robson, então, foi indultado, se encontra na embaixada e, na próxima quarta-feira, está previsto, ele retorna ao Brasil — disse o Bolsonaro, na entrada do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro também postou um vídeo em rede social comemorando o indulto do ex-motorista.

Ao lado do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, do deputado Hélio Negrão (PSL-RJ) e do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) ele destacou que foi uma "longa negociação" e agradeceu o presidente russo, Vladimir Putin, e autoridades que participaram das tratativas para libertação de Robson.