Bolsonaro apresenta melhora clínica, diz boletim médico

·2 min de leitura
Reprodução/Twitter/Jair Bolsonaro
Reprodução/Twitter/Jair Bolsonaro
  • Presidente passou recentemente por avaliação e está evoluindo sem dor;

  • A equipe médica tende a decidir pela não operação;

  • Esta é a 6ª internação do presidente por problemas em decorrência da facada que levou em 2018.

Segundo boletim médico divulgado na noite desta segunda-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro passou recentemente por avaliação e está evoluindo sem dor. Levantou e deu alguns passos pelo corredor do hospital. Ainda não se sabe se o caso é cirúrgico ou não. A equipe médica tende a decidir pela não operação.

O presidente está sozinho no décimo quinto andar, que foi isolado.

O Hospital Vila Nova Star, na zona sul da cidade de São Paulo, pertence à Rede D’Or e foi inaugurado em maio de 2019. Atualmente conta com um time de especialistas como o oncologista Paulo Hoff, a cardiologista Ludhmila Hajjar, o infectologista Esper Kallas e o urologista Miguel Srougi. Além do cirurgião Antonio Luiz Macedo, responsável pela internação do presidente.

Problemas gastrointestinais do presidente

Essa é a segunda vez que o presidente se internou no Vila Nova Star. A primeira foi em julho de 2021, quando ficou quatro dias no Nova Star por conta também de uma obstrução intestinal.

Na época, foi cogitada a possibilidade de uma cirurgia, mas esta foi descartada ao longo do tratamento.

No caso atual, ainda não se sabe a gravidade do caso do presidente, que só será avaliado pelo Dr. Macedo que deve chegar ao país nesta terça-feira às 2h da manhã, visto que estava de férias nas Bahamas.

Até lá, Macedo não tem a dimensão real da situação. No entanto, em entrevista à Folha de São Paulo, o médico disse não acreditar ser necessária intervenção cirúrgica. “Provavelmente, não será necessário cirurgia. O quadro é semelhante ao da última vez”.

Esta é também a 6ª internação do presidente por problemas em decorrência da facada que recebeu em 6 de setembro de 2018, durante sua campanha presidencial.

Bolsonaro estava de férias em SC

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi internado na madrugada de segunda-feira, às 3h da manhã, após passar mal após o almoço de domingo em Santa Catarina, onde estava de férias desde 27 de dezembro.

Bolsonaro vem sendo amplamente criticado por não ter suspendido suas férias e ido acompanhar a situação de calamidade no norte de Minas e sul da Bahia, onde as fortes chuvas já deixaram mais de 471 mil pessoas afetadas e 136 cidades em estado de emergência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos