Bolsonaro articula motociata em Fortaleza e gera reação na Justiça

·2 minuto de leitura
Motociata de Jair Bolsonaro em São Paulo reuniu cerca de 6 mil veículos (Foto: Alan Santos/ PR)
Motociata de Jair Bolsonaro em São Paulo reuniu cerca de 6 mil veículos (Foto: Alan Santos/ PR)
  • Presidente Jair Bolsonaro cogita 'motociata' em Fortaleza, no Ceará

  • Deputado federal entrou na Justiça para barrar evento na capital cearense

  • Para parlamentar, está em curso uma “avacalhação” e um “um verdadeiro descaso perante a vida da população”

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro em Fortaleza anunciaram que estão articulando uma “motociata” na capital cearense. Em visita a Brasília, na semana passada, um vereador bolsonarista da cidade gravou um vídeo ao lado do presidente, que disse: “Depois de São Paulo, quem sabe aí em Fortaleza”.

Para barrar o evento, o deputado Célio Studart (PV-CE) entrou com ação popular na Justiça. Na avaliação dele, recorrer ao Judiciário é medida necessária para garantir a saúde da população local, até porque a taxa de ocupação de UTIs de COVID-19 no estado ultrapassa 80%, e eventual piora do cenário de contaminação traria graves consequências.

Leia também:

"Trata-se de uma avacalhação, um verdadeiro descaso perante a vida da população, uma vez que a cada dia em que o chefe do Poder Executivo gera aglomerações, distorce a realidade e, reiterando suas ideologias negacionistas, profere discursos contra medidas não farmacológicas do combate ao covid-19, como o uso de máscaras e o distanciamento social, sem contar a defesa de tratamentos ineficazes e a clara sabotagem no processo de vacinação”, destacou o parlamentar.

Na ação, Studart alerta também que os eventos de “flagrante cunho político-eleitoral” têm como único objetivo a promoção pessoal do presidente, além dos danos causados ao erário com as aglomerações e seu esquema de segurança, e à população, pela gravidade e pela piora na situação de pandemia do país, que podem ter caráter permanente e irreversível.

O primeiro desfile junto a apoiadores motociclistas foi em Brasília, no dia 9 de maio, Dia das Mães. A segunda edição ocorreu no Rio de Janeiro, semanas depois, novamente causando aglomeração, com muitas pessoas sem máscaras. Na ocasião, o general da ativa Eduardo Pazuello fez discurso no evento político, ao lado de presidente.

No último sábado (12), Bolsonaro reuniu apoiadores em um passeio de moto pela cidade de São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos