Bolsonaro avançou mais do que Lula em todos os 26 estados e no Distrito Federal; veja os números

No segundo turno mais acirrado desde a redemocratização, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) avançou em todos os 26 estados e no Distrito Federal em sua busca por encurtar a vantagem do ex-presidente Lula (PT), que terminou eleito. Além de ter obtido votação maior do que no primeiro turno em todas as unidades da federação -- Lula, por sua vez, teve menos votos em quatro estados --, Bolsonaro ampliou sua vantagem nos estados em que já havia vencido, ou reduziu a margem que o petista tinha na dianteira no restante.

Houve ainda uma virada no segundo turno, no Amapá, onde Bolsonaro teve cerca de 10 mil votos a mais do que Lula. Na primeira rodada, Lula havia terminado com pouco mais de 9 mil votos a mais do que o atual presidente no estado.

Mesmo reduzindo em 4 milhões de votos a vantagem aberta por Lula no primeiro turno, Bolsonaro não avançou o suficiente para evitar uma derrota inédita entre presidentes que concorreram à reeleição.