Bolsonaro chama Lula de usurpador por participação na COP 27, diz colunista

Jair Bolsonaro chamou Luiz Inácio Lula da Silva de usurpador por sua decisão de comparecer à COP 27. Foto: Andressa Anholete / Getty Images.
Jair Bolsonaro chamou Luiz Inácio Lula da Silva de usurpador por sua decisão de comparecer à COP 27. Foto: Andressa Anholete / Getty Images.

Resumo da notícia:

  • Jair Bolsonaro chamou Lula de "usurpador" em desabafo que foi presenciado por auxiliares;

  • Presidente eleito foi convidado pelo presidente do Egito, Abdel Fatah al-Sisi, a comparecer à COP 27;

  • Bolsonaro continuou recluso no Palácio da Alvorada neste domingo (6).

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se queixou da decisão do recém-eleito presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de ir à conferência climática da Organização das Nações Unidas (ONU), a 27ª Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP 27), no Egito, em um desabafo que foi testemunhado por auxiliares. A informação é da coluna do Josias de Souza, no UOL.

Bolsonaro chamou o petista de “usurpador” e o acusou de vestir a faixa presidencial antes da hora. "Ainda sou o presidente, porra!", disse ele na ocasião.

Lula deve comparecer à conferência na segunda semana. Ele foi convidado pelo presidente egípcio Abdel Fatah al-Sisi um dia após sua vitória no último dia 30 de outubro.

O senador (PT-BA) e presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, Jaques Wagner, também deve participar da cúpula climática da ONU entre os dias 10 e 12 de novembro.

Bolsonaro recluso

O chefe do Executivo seguiu recluso no Palácio da Alvorada na manhã deste domingo (6). Desde a vitória de Lula no último dia 30 de outubro, Bolsonaro se encontra na residência oficial da Presidência da República. Lá, ele vem recebendo ministros, assessores e familiares.

Cerca de 30 apoiadores vestindo blusas e bandeiras com as cores verde e amarelo apareceram em frente do local, mas o presidente não foi cumprimentá-los.

Às 11h20, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Augusto Heleno, conversou com o grupo de dentro de um carro HB20, após sair do palácio. Ele falou com os bolsonaristas por 10 minutos. Contudo, não se comunicou com jornalistas.

*Com informações do Metrópoles.