Bolsonaro chega a condomínio de luxo na Flórida após deixar o hospital

O ex-presidente Jair Bolsonaro retornou, na noite desta terça-feira, para o condomínio de luxo na Flórida onde vem se hospedando desde dezembro, quando viajou para os Estados Unidos ainda na reta final do mandato. Horas antes, como revelou o jornalista Lauro Jardim, colunista do GLOBO, ele deixou o hospital onde estava internado após sentir fortes dores abdominais.

Lauro Jardim: Bolsonaro deixa o hospital nos EUA contra a recomendação da equipe médica

Carlos reclama de 'ataques de ódio': Bolsonaro cita complicações por facada e posta foto em hospital nos EUA

Bolsonaro partiu do AdventHealth Celebration, hospital nas imediações de Orlando, à revelia dos médicos, que preferiam mantê-lo sob cuidados por mais alguns dias. A interlocutores, porém, o ex-presidente garantiu ter recebido alta. Mais cedo, em entrevista à "CNN", Bolsonaro já havia sinalizado com a possibilidade de encurtar não só a estadia na unidade de saúde, como também a passagem pelos EUA.

— Eu vim (aos Estados Unidos) para ficar até o final do mês (janeiro), mas pretendo antecipar minha volta. Porque, no Brasil, os médicos já sabem do meu problema de obstrução intestinal por causa da facada. Aqui, os médicos não me acompanharam — explicou à emissora.

O novo problema de saúde do o ex-chefe do Executivo ainda é uma sequela da facada que ele levou na campanha eleitoral de 2018. Desde então, Bolsonaro passou diversas vezes por hospitais para tratar complicações relativas ao ferimento.

'Lá os médicos já sabem do meu problema': Nos Estados Unidos, Bolsonaro diz que pretende antecipar volta ao Brasil

"Após facada sofrida em Juiz de Fora/MG, fui submetido a cinco cirurgias. Desde a última, por duas vezes tive aderências que me levaram a outros procedimentos médicos", explicou o ex-presidente em mensagem postada na noite desta segunda-feira. Ele continuou: "Ontem (domingo), nova aderência e baixa hospitalar em Orlando/USA".

A nova internação acontece em meio às repercussões dos ataques terroristas perpetuados por bolsonaristas na capital federal, neste domingo. O Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e a sede do Supremo Tribunal Federal (STF) foram invadidos e depredados por apoiadores do ex-presidente.

Veja imagens: Mansão de José Aldo nos EUA, que recebe Jair Bolsonaro, tem quarto dos Minions

Na Flórida, Bolsonaro está hospedado em uma mansão do ex-lutador José Aldo. O imóvel, avaliado em mais de R$ 4 milhões, está no nome da mulher de Aldo, Vivianne Pereira Oliveira, que recebeu Auxílio Emergencial durante a pandemia. A influenciadora foi beneficiada por R$ 600 mensais entre maio e outubro de 2020.