Bolsonaro: Cofres públicos desembolsaram R$ 5 milhões para motociatas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • Segundo informações do levantamento, as motociatas de Bolsonaro já custaram quase R$ 5 milhões aos cofres públicos;

  • A viagem mais cara do presidente foi para Pernambuco no dia 4 de setembro, que custou R$ 607 mil;

  • A Presidência gastou R$ 3,3 milhões no total para Bolsonaro poder participar das motociatas.

De acordo com levantamento realizado a partir dos mais de 50 pedidos via Lei de Acesso à Informação, as motociatas de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) já custaram cerca de R$ 5 milhões aos cofres públicos.

Entre as despesas presentes no montante estão o uso do cartão de pagamento do governo federal e gastos declarados pelos estados, de forma a fazer a segurança da comitiva do presidente e da população.

Leia também:

A viagem de Bolsonaro ao Paraná para a motociata do dia 6 de novembro não está no cálculo; o custo não foi divulgado pela Presidência. Os gastos da visita do presidente não foram informados pela Polícia Militar do Paraná.

A primeira motociata aconteceu no dia 9 de maio em Brasília. Desde então, mais 12 eventos ocorreram por quase todo o Brasil, nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco e Paraná.

Bolsonaro utilizou as ocasiões como palanque político e propaganda para demonstrar sua força durante a queda de popularidade diante de fatores como o avanço da inflação e exposição do governo federal na CPI da Covid.

Por causa dos pedidos formulados pela Lei de Acesso à Informação, o governo divulgou os valores gastos com as viagens. Contudo, detalhes a cerca das despesas não foram informados.

O Tribunal de Contas da União (TCU) está analisando os gastos da comitiva presidencial em pedido de integrantes da CPI da Covid no Senado.

A viagem mais cara do presidente foi a para Pernambuco, no dia 4 de setembro, que custou quase R$ 607 mil.

A Presidência gastou R$ 3,3 milhões no total para Bolsonaro poder participar das motociatas.

Com informações do Jornal Folha de São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos