Bolsonaro confirma Mendonça para STF e diz que pediu oração uma vez por semana na Corte

·2 minuto de leitura

BRASÍLIA — Após visitar nesta tarde o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, o presidente Jair Bolsonaro disse que oficializa, em edição extra do Diário Oficial nesta segunda, a indicação do ministro André Mendonça, da Advocacia-Geral da União, para a vaga na Corte que se abriu nesta segunda-feira com a aposentadoria do decano Marco Aurélio Mello. Em conversar com jornalistas, o presidente disse que seu único pedido a Mendonça é que, pelo menos uma vez por semana, inicie a sessão como uma oração.

— Ele é sim extremante evangélico, é pastor evangélico. Já falei que só faço um pedido para ele que uma vez por semana ele comece a sessão com oração. Isso está fechado. Independentemente do meu pedido, tenho certeza que os demais dez ministros do Supremo, caso ele seja aprovado no Senado, não vão se opor a isso. Muitos, pelo contrário, vão sentir a alma bem mais leve para fazer seu julgamento — disse Bolsonaro

Bolsonaro disse tem conversado com senadores, mas que na contagem de Mendonça ele já tem “grandes possibilidades” de ser aprovado pelo Senado.

— Eu converso sempre com senadores, mas o André também vem fazendo a peregrinação lá no Senado Federal. Na contagem dele, mais dele do que a minha já que está mais ligado con senadores, existe sim uma grande possibilidade de ele ser aceito. E o que tudo indica cada dia que passa ele ganha mais adeptos — disse Bolsonaro.

O presidente elogiou Mendonça, dizendo que, além de ser evangélico e pastor, ele tem um “profundo conhecimento das questões jurídicas.” Bolsonaro disse que os cargos ocupados pelo ministro, que é servidor de carreira, de a oportunidade de ele transitar bem pelo Três Poderes.

— Esse é o André Mendonça. Um homem equilibrado, religioso, respeitador, tem seus principios e é uma pessoa que vai contribuir muito para o STF — disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos