Bolsonaro critica decisão de Rosa Weber que permite que governador do Amazonas não compareça à CPI da Covid

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quarta-feira a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de permitir que o governador do Amazonas, Wilson Lima, não compareça à CPI da Covid. Bolsonaro reclamou do fato da comissão estar focada, segundo ele, em investigar somente o governo federal.

— Vocês viram a decisão da ministra Rosa Weber sobre o governador do Amazonas? Se quiser, não precisa ver, não. Querem investigar quem mandou o dinheiro, e não quem, possivelmente, talvez, tenha desviado. Pode comparecer e ficar quieto também — disse Bolsonaro, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

Rosa Weber transformou a convocação de Wilson Lima, aprovada pela CPI, em convite. A ministra afirma que o governador do Amazonas não apenas está sendo investigado no âmbito da Operação Sangria, mas também figura como denunciado junto ao Superior Tribunal de Justiça.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos