Bolsonaro critica jovens que culpam governo por falta de emprego: 'Tem que correr atrás'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira jovens que culpam o governo pela falta de emprego. De acordo com Bolsonaro, o governo não cria empregos e pode apenas não "atrapalhar" os empreendedores. Por isso, os jovens deveriam "correr atrás".

— Por que o ensino foi de mal a pior nos governos do PT? Porque interessa a juventude ser doutrinada, ser um boca aberta aí. (Dizem) "A culpa é do governo. Cadê o meu emprego?" — disse o presidente, em tom irônico, acrescentando: — Você tem que correr atrás. Eu não crio emprego. Quem cria emprego é a iniciativa privada. Eu não atrapalho o empreendedor.

A declaração ocorreu durante conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada. Bolsonaro citou a Lei da Liberdade Econômica, sancionada em 2019, como um dos feitos do seu governo que teriam auxiliado na criação de empregos.

No primeiro trimestre de 2020, a taxa de desemprego entre jovens de 18 a 24 anos atingiu 26,3%, subindo a 30% no mesmo período do ano seguinte. No primeiro trimestre de 2022, recuou a 22,8%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos