Bolsonaro debocha de cabelo black power de apoiador: “Tô vendo uma barata aqui”

·2 minuto de leitura
Bolsonaro ironiza cabelo 'black power' de apoiador
Bolsonaro ironiza cabelo 'black power' de apoiador
  • Presidente Bolsonaro debocha de cabelo 'black power' de apoiador

  • “Tô vendo uma barata aqui”, disse, aos risos

  • Comentário foi feita na manhã desta quinta, na saída do Palácio da Alvorada

Na manhã desta quinta-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro disse a um apoiador com cabelo estilo ‘black power’, em tom de brincadeira, que via uma “barata” no cabelo dele. A 'piada' foi feita durante conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada.

Depois de o homem pedir para tirar foto com o presidente, Bolsonaro olhou o cabelo do apoiador, mirou para os seguranças, deu um sorriso e fez o comentário. “Tô vendo uma barata aqui”.

Leia também

Na terça-feira (4), Bolsonaro fez piada com outro simpatizante com o cabelo ‘black power’. Aos risos, disse: “O que você cria nessa cabeleira aí?”

“Tem muita coisa”, respondeu, rindo o homem, que depois tirou uma foto ao lado de Bolsonaro.

O presidente tem um histórico de declarações consideradas como intolerância racial. Em 2019, ele foi condenado a pagar R$ 150 mil por danos morais coletivos devido a uma frase racista proferida no extinto programa CQC, da TV Bandeirantes, em março de 2011.

Perguntado pela cantora Preta Gil qual seria sua reação caso um de seus filhos se apaixonasse por uma mulher negra, o mandatário respondeu: “Eu não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco. Meus filhos foram muito bem educados e não viveram em um ambiente como, lamentavelmente, é o seu”.

Depoimento de Mandetta na CPI

Na conversa com apoiadores, Bolsonaro contestou a declaração do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta à CPI da Covid, no Senado, sobre a vacinação no Brasil.

Mandetta disse em depoimento que o país poderia ter iniciado a vacinação contra a doença em novembro do ano passado. Bolsonaro afirmou que a declaração "não se sustenta" porque os primeiros países começaram a vacinar em dezembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos