Bolsonaro defende agronegócio e exalta posse de armas: "Orgulho"

Brazil's President Jair Bolsonaro speaks during the 45th Expointer agricultural fair in Esteio, Brazil September 2, 2022. REUTERS/Diego Vara
Brazil's President Jair Bolsonaro speaks during the 45th Expointer agricultural fair in Esteio, Brazil September 2, 2022. REUTERS/Diego Vara

Em discurso no Rio Grande do Sul, o presidente Jair Bolsonaro (PL) exaltou a posse de armas de fogo e o agronegócio durante a abertura da 45ª Expointer, maior feira agropecuário da América Latina. Estavam presentes agricultores, criadores de animais e empresas do ramo agrícola. Uma das lideranças presentes se referiu ao campo de 'bolsonarista' antes da fala do chefe do Executivo, aos gritos de 'mito'. As informações são do Estadão.

Hoje vocês têm a posse e porte de arma estendido. Um orgulho nosso: dobramos o número de CACs [grupo de colecionadores, atiradores e caçadores] e hoje somos 700 mil CACs pelo Brasil. Armas de fogo são mais que a certeza familiar são a certeza que essa Pátria jamais será escravizada", disse o presidente, sob aplausos.

Ao lado de Bolsonaro, no evento que acontece na cidade de Esteio, em Porto Alegre (RS), estava o governador do estado gaúcho, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), aliado de Tebet.

Ao ressaltar seu afeto pelo agronegócio, ele mencionou relações com a Rússia para a garantia de insumos e fertilizantes para produtores rurais. "Meu reconhecimento pelo trabalho de vocês que trazem segurança alimentar e divisas ao nosso Brasil", afirmou. Hoje, mais de 60 milhões de brasileiros sofrem com insegurança alimentar, segundo a ONU.

A defesa da família e o rejeição à legalização das drogas, à descriminalização do aborto e à ideologia de gênero foram citadas, numa tentativa de garantir o voto do eleitorado do agronegócio.

Antes do discurso de Bolsonaro, o presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Pereira, manifestou apoio ao candidato. "O campo não é direitista e muito menos fascista. O campo é bolsonarista", disse.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (1º) mostra que o ex-presidente Lula (PT) oscilou dois pontos para baixo, ficando com 45% das intenções de voto à presidência da República.

Já Bolsonaro, atual presidente e candidato à reeleição, manteve-se com 32%. Ciro Gomes (PDT) possui com 9%. Simone Tebet (MDB) tem 5%.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Pesquisas eleitorais, como saber em quais posso confiar?

Em meio a essa diversidade de levantamentos existentes no Brasil, muitos eleitores não sabem em quais resultados acreditar.

No primeiro dia do ano passou a ser obrigatório (leia a resolução clicando aqui)o registro junto à Justiça Eleitoral de qualquer pesquisa pública relacionada às eleições para presidente e governador. Porém, se uma pesquisa está registrada não necessariamente significa que ela será confiável, isso porque não há nenhum tipo de fiscalização prévia sobre a metodologia desses levantamentos.

Atualmente, a confiabilidade das pesquisas é garantida no Brasil por meio da transparência. São algumas das informações que devem ser cadastradas junto à Justiça Eleitoral, tornando as pesquisas passíveis de contestação, caso qualquer irregularidade seja encontrada posteriormente:

  • Nome do contratante

  • Valor cobrado pela pesquisa

  • Origem dos recursos investidos

  • Metodologia

  • Período de realização

  • Sistema de fiscalização da coleta de dados

  • Tipo de questionário aplicado

Para identificar os atributos que mais merecem atenção nas pesquisas eleitorais, a reportagem do Yahoo! Notícias conversou com alguns especialistas no assunto e separou uma lista com os pontos mais importantes, confira aqui.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)