Bolsonaro defende reforma da ONU em cúpula dos Brics

Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto

Por Eduardo Simões

(Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira durante reunião de cúpula dos Brics --composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul-- uma reforma nos organismos multilaterais internacionais, especialmente no sistema da Organização das Nações Unidas (ONU) e em seu Conselho de Segurança.

"Devemos somar esforços em busca das reformas das organizações internacionais, como o Banco Mundial, o FMI e o sistema das Nações Unidas, em especial o seu Conselho de Segurança. O peso das economias emergentes e em desenvolvimento devem ter a devida e merecida representação", disse Bolsonaro em sua fala durante o evento, realizado por videoconferência.

Além do presidente brasileiro também participam da cúpula os presidentes russo, Vladimir Putin; chinês, Xi Jiping, e sul-africano, Cyril Ramaphosa, além do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos