Bolsonaro desiste de discursar no 7 de setembro no RJ

Presidente Jair Bolsonaro deve se abster de discursar no ato do Exército no Rio de Janeiro (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro deve se abster de discursar no ato do Exército no Rio de Janeiro (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desistiu de discursar na celebração de 7 de setembro, no ato que acontecerá no Rio de Janeiro. Segundo informações da coluna da jornalista Monica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a afirmação foi feita a apoiadores.

O objetivo, segundo a Folha, é evitar um novo confronto com o Tribunal Superior Eleitoral. Em 2021, Bolsonaro esteve na Avenida Paulista e fez ataques diretos a ministro do Supremo Tribunal Federal – em especial contra Alexandre de Moraes, atual presidente do TSE.

Agora, a ideia do presidente seria evitar atritos e, por isso, não irá se manifestar.

Na última quarta-feira (17), o Comando Militar do Leste suspendeu os desfiles que estavam previstos para acontecer no Centro do Rio de Janeiro no Dia da Independência. Agora, o Exército organiza um ato na Avenida Atlântica, perto do Forte de Copacabana, que deve contar com a presença de Jair Bolsonaro.

De acordo com a colunista Monica Bergamo, o presidente foi avisado por pessoas envolvidas na campanha que o eleitorado não gosta da postura combatida de Bolsonaro. Por isso, o diálogo amistoso com Alexandre de Moraes é visto com bons olhos.

Na última terça-feira (16), Bolsonaro compareceu à posse de Moraes como presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022: