Bolsonaro diz ao TSE que ataques ao sistema eleitoral em reunião com embaixadores são 'debate de ideias'

A defesa do presidente Jair Bolsonaro (PL) alegou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira que as declarações do mandatário da República contra o sistema eleitoral durante reunião com embaixadores no último dia 18 representam apenas um "debate de ideias". Na ocasião, mais uma vez, o presidente levantou suspeitas, sem provas, a sobre a segurança das urnas eletrônicas.

“Configura manifestação de opinião política própria inerente ao debate de ideias, jamais indicando a suposta existência de propaganda eleitoral negativa”, disse a defesa. As manifestações se deram em ações apresentadas por PDT, REDE, PCdoB e PT.

Segundo a defesa, "o que se tem nos autos é a exposição de críticas, ainda que duras e enfáticas, do Presidente da República em relação a algumas fragilidades que, segundo pensa, existem no sistema eletrônico de votação atualmente vigente no País".

Afirmam ainda os advogados do presidente:

"De fato, a exposição de posicionamentos políticos individuais – que obviamente inclui críticas a posições diversas – configura manifestação de opinião política própria inerente ao debate de ideias, jamais indicando a suposta existência de propaganda eleitoral negativa".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos