Bolsonaro diz que agricultores precisam ter liberdade para produzir

O candidato à reeleição para a Presidência da República pelo PL, Jair Bolsonaro, participou hoje (2) de uma cerimônia na 45ª Expointer, no município de Esteio, no Rio Grande do Sul. Durante o evento, ele destacou a importância do trabalho dos agricultores.

“A todo vocês, o agro na Expointer, o nosso reconhecimento pelo trabalho de vocês, [que garante] segurança alimentar, divisas para o nosso país”, disse. “Fazemos modestamente o nosso trabalho em Brasília, colaborando com vocês. Cada vez mais queremos que vocês tenham independência do Executivo e cada vez mais liberdade para trabalhar e produzir para nossa pátria”, completou.

O presidente também falou sobre a política de flexibilização do acesso a armas de fogo no país e a ampliação da posse de arma em toda a extensão de uma propriedade rural.

“Fizemos pouco, mas fizemos o possível, hoje vocês têm uma realidade que é a posse e porte de arma estendida para o homem do campo. Com orgulho, dobramos o número de CACs [caçadores, atiradores e colecionadores] no Brasil. Hoje somos 700 mil CACs pelo Brasil. Armas de fogo, mais que segurança familiar, a certeza que essa pátria jamais será escravizada”, disse em seu discurso.

Em conversa com jornalistas, o presidente falou sobre a atual fase da economia brasileira, que, segundo ele, vem se recuperando, após dois anos de crise por causa da pandemia global. “O Brasil está muito bem perante o mundo. Internamente, nós já estamos em uma situação melhor do que o pré-pandemia. Isso em função de medidas tomadas lá atrás. A Lei da Liberdade Econômica, uma limpeza nas normas regulamentadoras, desburocratização, somos o sétimo país mais digital do mundo.”

Bolsonaro destacou ainda que os preços da gasolina vêm caindo depois de altas consecutivas. “É a quarta redução feita pela Petrobras. Tivemos o apoio do [Arthur] Lira, presidente da Câmara, botando um teto no ICMS. Cada estado botava o percentual que queria. Até 17 estados, entre 2020 e 2021, estavam aumentando o seu percentual, quando o povo estava perdendo sua renda”, afirmou.

A feira está sendo realizada no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil. Bolsonaro assistiu ao desfile dos animais premiados nas competições da feira agropecuária e cumprimentou apoiadores. Ele estava acompanhado do vice-presidente Hamilton Mourão, candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul, além de outros candidatos locais e autoridades.

O candidato à reeleição permanece no Rio Grande do Sul e amanhã cumpre agenda em Novo Hamburgo.

Clique aqui e confira a agenda dos candidatos à Presidência da República para esta sexta-feira (2).

*Matéria atualizada às 15h45 para acréscimo de informações.