Bolsonaro diz que assistiu discurso de Moro e critica ex-ministro: “Não aprendeu nada”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazilian President Jair Bolsonaro (R) and his Minister of Justice and Public Security Sergio Moro chat during the launching ceremony of the Front Brazil Project, which aims at reducing the rates of violence in cities, at Planalto Palace in Brasilia, on August 29, 2019. (Photo by EVARISTO SA / AFP)        (Photo credit should read EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro afirmou que Moro "não aprendeu nada" enquanto era ministro (Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images)
  • Presidente Jair Bolsonaro falou para apoiadores que assistiu ao discurso de filiação de Sergio Moro ao Podemos

  • Bolsonaro criticou Moro por ter lido o discurso e afirmou que ex-ministro "não aprendeu nada"

  • Se confirmada a candidatura de Moro, o ex-juiz deve enfrentar Bolsonaro na corrida eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu que assistiu ao discurso de Sergio Moro no ato de filiação ao Podemos, na última quinta-feira (11), mas fez críticas ao antigo aliado. Segundo Bolsonaro, Moro “não aprendeu nada”.

“Vocês gostaram do discurso lido pelo cara ontem? O cara leu... Assisti porque foi meu ministro, né?", disse durante conversa com apoiadores, transmitida por um canal bolsonarista no YouTube.

Jair Bolsonaro ainda afirmou que Moro não “aprendeu nada” durante o período que passou no governo. “Ficou um ano e 4 meses e não sabe o que é ser presidente, nem ser ministro”, declarou.

No discurso de filiação, Sergio Moro não citou diretamente o presidente Jair Bolsonaro, mas fez críticas aos supostos casos de rachadinha e outras irregularidades investigadas no governo. Além disso, o ex-ministro afirmou que não teve respaldo enquanto ocupou o cargo.

Apesar das críticas, Moro se aproximou do discurso bolsonarista da campanha de 2018, pregando o combate à corrupção, criticando a reeleição e citando pautas liberais no campo econômico.

Moro tampouco citou o ex-presidente Lula (PT), mas citou “mensalão” e “petrolão”. O petista, que aparece em primeiro nas pesquisas de intenção de voto, e Jair Bolsonaro devem ser os principais adversários de Moro, caso o ex-juiz confirme a candidatura à presidência.

Discurso de Moro 

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro se filiou oficialmente ao Podemos, partido do senador Álvaro Dias, nesta quarta-feira (10). Com direito à slogan de campanha, "Um Brasil mais justo para todos", Moro foi exaltado e aplaudido pelo público, que cantava: "Brasil, pra frente, Moro presidente".

"Eu não tenho uma carreira política e não sou treinado em discurso político. Alguns dizem que não sou eloquente. Muita gente critica a minha voz. Mas, se eventualmente, eu não sou a melhor pessoa para discursar, posso assegurar que sou alguém em quem vocês podem confiar", disse Sergio Moro.

Moro negou que tenha ambições políticas, mas afirmou que "sempre estará à disposição", caso seja considerado o nome mais apropriado para liderar um "projeto de país" - não de poder.

"A vida pública me testou mais de uma vez, como juiz da Lava Jato e como ministro da Justiça. Vocês conhecem a minha história e sabem que eu tomei decisões difíceis", alegou. O ex-juiz também se defendeu e negou que tenha tomado decisões para se beneficiar. "O Brasil não precisa de líderes com voz bonita, o Brasil precisa de líderes que ouçam a voz do povo brasileiro."

Com discurso similar ao de Jair Bolsonaro na campanha de 2018, Moro reforçou que tem uma trajetória fora da política e relembrou feitos com juiz. Moro também comentou o convite para ser ministro de Bolsonaro e afirmou que "como todo brasileiro em 2018", tinha esperança em dias melhores. Para justificar o apoio ao atual presidente, Moro fez críticas aos governos do PT e acusou o partido de corrupção. Assim como Bolsonaro quando candidato, Moro também se posicionou contra a reeleição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos