Bolsonaro diz que depredações 'fogem à regra' da democracia

***ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 28-10-2022: O presidente Jair Bolsonaro, antes do debate de campanha para a presidência da república no estúdio da TV Globo, mediado pelo jornalista William Bonner, no Projac, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 28-10-2022: O presidente Jair Bolsonaro, antes do debate de campanha para a presidência da república no estúdio da TV Globo, mediado pelo jornalista William Bonner, no Projac, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Jair Bolsonaro escreveu em redes sociais neste domingo (8) que depredações e invasões de prédios públicos "fogem à regra" da democracia.

Bolsonaro tem sido criticado, inclusive pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por ter insuflado atos golpistas ao longo dos últimos anos. Neste domingo, apoiadores do ex-mandatário destruíram palácios dos Três Poderes em manifestação antidemocrática promovida em Brasília.

Em postagem neste domingo, o ex-presidente escreveu: "Manifestações pacíficas, na forma da lei, fazem parte da democracia. Contudo, depredações e invasões de prédios públicos como ocorridos no dia de hoje, assim como os praticados pela esquerda em 2013 e 2017, fogem à regra".

Ele acrescentou: "Ao longo do meu mandato, sempre estive dentro das quatro linhas da Constituição respeitando e defendendo as leis, a democracia, a transparência e a nossa sagrada liberdade".

O ex-mandatário afirmou também que repudia "as acusações, sem provas, a mim atribuídas por parte do atual chefe do executivo do Brasil".

O ex-presidente está na Flórida desde o fim de dezembro.