Bolsonaro diz que fará desfile militar em Copacabana no 7 de Setembro

Em discurso na convenção do Republicanos que lançou a candidatura de seu ex-ministro Tarcísio de Freitas ao governo de São Paulo, neste sábado (30), o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que deve participar de um desfile militar no Rio de Janeiro no Dia da Independência.

SP: 'Bolsodrigo' e pesquisas aceleram 'overdose' de bolsonarismo em campanha de Tarcísio

Datafolha: Ameaças de Bolsonaro contra o sistema eleitoral são vistas com preocupação por 56%, mas maioria não crê em golpe

Além da cerimônia em Brasília, que é tradição contar com a presença do presidente da República, Bolsonaro disse que neste ano irá no período da tarde ao Rio em vez de São Paulo, como fez ano passado. Na ocasião, ele insultou ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e afirmou que desobedeceria decisões judiciais.

Bolsonaro afirmou que o próximo 7 de Setembro será não apenas uma comemoração dos 200 anos da Independência mas como um "marco para mais 200 anos de liberdade", referindo-se ao que ele considera uma ameaça comunista caso o Partido dos Trabalhadores (PT) vença a eleição de outubro

— Nós queremos, pela primeira vez, inovar no Rio de Janeiro. Sei que vocês queriam aqui (em São Paulo), mas vamos inovar. Às 16h, nossas Forças Armadas estarão desfilando na Praia de Copacabana ao lado de nosso povo — declarou.

Críticas ao STF

Durante seu discurso na convenção que homologou a candidatura de Tarcísio de Freitas ao governo de São Paulo, o presidente também voltou a insistir na tese de que teria ficado de mãos atadas, pelo Judiciário, durante o ápice da pandemia o que prejudicou a adoção de medidas para mitigar problemas causados pela crise sanitária. Na esteira, aproveitou mais uma vez a oportunidade para criticar o STF.

— Me tiraram o direito de conduzir o combate a pandemia. Foi tirado pelo STF. Mas eu não errei nenhuma das sugestões que dei pra população. Não conseguia dormir com o fechamento do comércio por todo o Brasil, em especial aqui em São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos