Bolsonaro diz que ligará para presidente da Ucrânia em 18 de julho

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  27-06-2022, 17h00. O presidente Jair Bolsonaro participa das novas emissão das novas Carteiras de Identidade Nacional  nos Estados e lançamento do Novo Passaporte Brasil (FOTO Gabriela Biló /Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 27-06-2022, 17h00. O presidente Jair Bolsonaro participa das novas emissão das novas Carteiras de Identidade Nacional nos Estados e lançamento do Novo Passaporte Brasil (FOTO Gabriela Biló /Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (11) que irá ligar para seu homólogo ucraniano, Volodimir Zelenski, no dia 18 de julho. A declaração foi dada após o encontro com a presidente da Hungria, Katalin Novák, em Brasília.

Essa será a primeira vez que Bolsonaro irá falar com o líder da Ucrânia desde o início da guerra no Leste Europeu, em fevereiro deste ano.

"Trocamos algumas observações sobre o conflito que acontece ali próximo à Hungria, a questão Rússia e Ucrânia. Disse que no próximo dia 18 tenho um telefonema acertado com o Zelenski", afirmou o presidente.

Bolsonaro ainda lembrou que já teve uma conversa por telefone com o presidente russo, Vladimir Putin, no final de junho. Pouco antes de Moscou dar início à invasão no país vizinho, o brasileiro teve um encontro com Putin, numa agenda diplomática polêmica e criticada por países como os EUA.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos