Bolsonaro diz que ministro interino assinará novo protocolo da cloroquina na quarta-feira

Daniel Gullino
Bolsonaro acena para apoiadores na rampa do Palácio do Planalto (Andressa Anholete/Getty Images)

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, irá assinar na quarta-feira um novo protocolo da utilização da cloroquina em pacientes com coronavírus. De acordo com Bolsonaro, o novo protocolo vai permitir a utilização a partir dos primeiros sintomas.

— Amanhã cedo o ministro da saúde vai assinar o protocolo da cloroquina — disse, em entrevista ao jornalista Magno Martins. — O último protocolo é do dia 31 de março e permite a cloroquina apenas em situações em casos graves. Agora, não, é a partir dos primeiros sintomas.

Leia também

Segundo Bolsonaro, trata-se de "democracia", porque só irá tomar quem quiser:

— O que é democracia? Você não quer, você não faz. Quem quiser tomar, que tome.

O presidente indicou que manterá Pazuello interinamente no cargo de forma indefinida, como o GLOBO mostrou, e disse que ele faz um trabalho "excepcional":

— Por enquanto, deixa lá o general Pazuello, está indo muito bem. É um gestor de primeira linha — afirmou. — É um tremendo de um gestor, está fazendo um excepcional trabalho lá.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.