Bolsonaro diz que não fará 'ruptura', mas afirma que 'provocam o tempo todo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que não fará uma "ruptura", mas disse que "provocam o tempo todo". Bolsonaro voltou a reclamar da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de desmonetizar páginas que divulgam informações falsas sobre as eleições e criticou prisões "sem o devido processo legal".

— Não é justo prender quem quer que seja sem o devido processo legal. Não é justo o TSE agora desmonetizar páginas que falam que o voto impresso é necessário, ou que desconfiam do voto eletrônico. Daqui a pouco os TREs vão fazer a mesma coisa — disse o presidente, antes de evento em Cuiabá (MT).

Na segunda-feira, o corregedor-geral do TSE, ministro Luis Felipe Salomão, determinou que as plataformas digitais suspendam o repasse de dinheiro para canais investigados por propagação de informações falsas sobre as eleições brasileiras.

Na semana passada, o ex-deputado Roberto Jefferson foi preso, por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que atendeu a um pedido da Polícia Federal (PF). Após a prisão de Jefferson, Bolsonaro anunciou que entrará com pedido de impeachment de Moraes e de Luís Roberto Barroso, também do STF e presidente do TSE.

Nesta quinta, Bolsonaro declarou que "alguns pouquíssimo" querem atuar fora da Constituição e reclamou de uma "ditadura branca" nas redes sociais":

— Nós jogamos dentro das quatro linhas da Constituição. Alguns pouquíssimos querem jogar fora dela. Não podemos aceitar uma ditadura branca em nosso país com cerceamento das mídias sociais.

O presidente ainda disse que deve participar de duas manifestações no dia 7 de Setembro, uma em Brasília e outra em São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos