Bolsonaro diz que quer declarar apoio a manifestantes, mas teme Justiça

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) tem dito a interlocutores que o visitam no Palácio da Alvorada que estuda uma formulação para conseguir declarar apoio aos manifestantes que estão nas ruas desde sua derrota para Lula (PT) na disputa presidencial, período ao longo do qual o presidente tem se mantido em silêncio e reclusão.

No entanto, ele não tem tido sucesso em superar o temor de que algum incidente violento aconteça nos protestos golpistas e isso possa ser usado contra ele na Justiça, especialmente pelo Supremo Tribunal Federal. Ele teme ser enquadrado como incentivador de eventuais ações ilegais.

Bolsonaro tem dito a esses visitantes que os atos têm pessoas comuns, mas também fanáticos com potencial de criar incidentes violentos que o colocariam em uma posição desfavorável.