Bolsonaro diz que reunião com Biden foi fantástica e está "maravilhado"

Bolsonaro e Biden se reúnem em Los Angeles

Por Lisandra Paraguassu

LOS ANGELES (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, em discurso na Cúpula das Américas, que ficou "maravilhado" com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, após uma reunião bilateral "fantástica" entre ambos na véspera, e afirmou que sentiu boa vontade do líder norte-americanos para resolver problemas.

Bolsonaro já havia classificado o encontro na véspera como "sensacional" em entrevista a repórteres, e voltou a fazer elogios a Biden ao discursar durante sessão plenária da cúpula realizada em Los Angeles.

O encontro entre os dois presidentes, que ocupam campos opostos da política mundial, durou cerca de 20 minutos na chamada reunião ampliada e mais 30 minutos apenas com os dois presidentes, acompanhados dos tradutores, de acordo com uma fonte que participou de parte do encontro.

Mais tarde, ao comentar a reunião em live semanal que costuma transmitir via redes sociais, Bolsonaro confundiu o nome do atual presidente norte-americano com o de seu antecessor, Donald Trump, mas disse ter sentido confiança da parte de Biden na resolução de problemas que assolam o mundo --o presidente brasileiro tem reiterado que a inflação que corrói o poder de compra da população é um fenômeno mundial em grande parte decorrente da guerra na Ucrânia e dos efeitos da pandemia.

"Ontem tivemos uma bilateral com o presidente Trump. Ou melhor, desculpa o ato falho, Joe Biden. Tratando --ah, vai ser um escândalo na imprensa aí, né-- com o presidente Joe Biden numa bilateral, tratando de vários assuntos e numa reservada que obviamente durou 30 minutos. Ficamos ali... tratando de assuntos dos nossos países e também que interessam para o mundo todo", disse Bolsonaro.

"Senti confiança na conversa com ele. A preocupação dele é semelhante à nossa com as questões que repito acontecem aí no mundo todo. Espero que dê certo e que conflitos que existem no mundo sejam cada vez mais atenuados ou se acabem."

Pouco depois, ao deixar o hotel onde esteve hospedado em Los Angeles, Bolsonaro, ainda comentando a conversa com o norte-americano, confirmou a jornalistas que os dois conversaram "por alto" sobre o sistema eleitoral brasileiro. Também foi abordado o conflito na Ucrânia, segundo Bolsonaro.

"Conversa bastante franca ... saí satisfeito dessa reunião reservada com o Joe Biden", disse o presidente brasileiro.

"Fiquei bastante surpreso positivamente com a maneira dele conversar... depois dessa conversa pessoal tive um entendimento bem melhor do senhor Joe Biden."

(Reportagem de Lisandra Paraguassu, em Los Angeles; Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello, em Brasília)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos