Bolsonaro diz que Silva e Luna 'vai dar uma arrumada' na Petrobras

Daniel Gullino
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que o seu indicado para a presidência da Petrobras, o general da reserva Joaquim Silva e Luna, "vai dar uma arrumada" na empresa, porque teria "muita coisa errada". Bolsonaro não especifico a que se referia.

A indicação de Silva e Luna precisa ser confirmada pelo Conselho de Administração da estatal, que se reúne nesta terça. Bolsonaro anunciou na sexta-feira que substituiria o atual presidente, o economista Roberto Castello Branco.

Em conversa com apoiadores nesta terça, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que não está interferindo na Petrobras porque não determinou uma redução nos preços dos combustíveis — os constantes reajustes foram a principal reclamação do presidente sobre a gestão de Castello Branco.

— O que eu interferi na Petrobras, alguém responde aí? O que eu falei para baixar o preço? Nada, zero. O que essa imprensa está fazendo? — disse o presidente, acrescentando em seguida: — Tem muita coisa errada, o novo presidente vai dar uma arrumada lá.

Em outro momento, Bolsonaro afirmou que a estatal vai "melhorar" e que ele poderá fazer outras mudanças:

— Vocês vão ver a Petrobras como vai melhorar. Assim como, se tiver que fazer qualquer mudança, nós faremos.