Bolsonaro diz que vai garantir propriedade de terras a assentados

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

“Vamos zerar nos próximos anos as invasões de terra porque daremos dignidade aos assentados do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra], titulando terras pra eles”, disse, em entrevista à imprensa ao desembarcar no aeroporto.

Em diversas ocasiões, Bolsonaro já defendeu a titulação de terras, que é uma das etapas da reforma agrária. O governo tem regularizado propriedades e distribuído títulos de áreas públicas por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, em parcerias com os municípios. Segundo ele, já foram mais de 400 mil títulos entregues em seu governo.

Notícias relacionadas:

Natal

À noite, Bolsonaro participou de comício em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Ao lado de lideranças políticas e candidatos às eleições, o presidente discursou em cima de um palanque.

“Tudo o que eu tenho pedido ao nosso Deus, ele tem me dado. Lá atrás, alguém pediu sabedoria. Eu sempre peço mais. Eu peço força para resistir e coragem para decidir. Podem ter certeza. Para onde vocês apontarem, lá nós iremos”, disse durante o discurso o candidato à reeleição.

Bolsonaro também comemorou os índices positivos de reação da economia, principalmente a queda de preço de alguns produtos, incluindo os combustíveis.

“O Brasil está lá na frente na questão econômica. Mês a mês, mais empregos são criados. Mês a mês, a inflação está caindo, e hoje está negativa. Não conheço outro país do mundo que tenha deflação neste momento, além do preço dos combustíveis, que baixaram bastante”, afirmou o candidato à reeleição.

Matéria atualizada às 20h15 para acréscimo de cobertura de campanha do candidato em Natal.