Bolsonaro diz que vai vetar fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que vai vetar o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões. O valor três vezes maior que o destinado às eleições de 2018 foi aprovado na semana passada pelo Congresso na votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias. A declaração foi dada em entrevista à TV Brasil, que vai ao ar hoje a partir das 22h30.

— É uma cifra enorme, que no meu entender está sendo desperdiçada, caso ela seja sancionada. Posso adiantar para você que não será sancionada, que afinal de contas eu tenho que conviver em harmonia com o Legislativo. E nem tudo que eu apresento ao Legislativo é aprovado. E nem tudo que o Legislativo aprova, vindo deles, eu tenho que sancionar do lado de cá. Mas a tendência nossa é não sancionar isso daí em respeito ao trabalhador, ao contribuinte brasileiro — disse Bolsonaro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos