Bolsonaro e embaixadores: o que os juristas viram

Caro leitor, Destacamos nesta semana a reação aos ataques do presidente Jair Bolsonaro ao processo eleitoral brasileiro. Recomendamos reportagens sobre os resultados da flexibilização no acesso a armas e sobre as ramificações do crime na Amazônia. Em artigo, Paulo Freitas Ribeiro reflete sobre os riscos de banalização do processo penal. Boa leitura!

Bolsonaro e embaixadores: o que os juristas viram Ao reunir embaixadores para fazer ataques sem provas ao processo eleitoral brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro pode ter incorrido em uma série de infrações penais. Diferentes partidos políticos acionaram o Supremo Tribunal Federal e o Tribunal Superior Eleitoral pedindo investigação. Juristas ouvidos pelo GLOBO avaliam possíveis crimes

Joaquim Falcão: Diplomacia foi ‘desmoralizada’ Jurista vê três possíveis crimes cometidos pelo presidente durante discurso e comenta possibilidade de avanço de investigações

Alexandre de Moraes monta seu gabinete para o TSE Futuro presidente da Corte Eleitoral escolhe ex-advogado-geral da União de Bolsonaro para coordenar transição

Homem é preso após fazer ameaças a ministros do STF Ordem foi dada pelo ministro Alexandre de Moraes; ex-candidato a vereador em Belo Horizonte também atacou políticos de esquerda, como Lula

ANÁLISE O processo penal indevido e a responsabilidade do Estado Paulo Freitas Ribeiro reflete sobre os cuidados em investigações antes de transformar pessoas em réus em ações penais

Técnicos do Cade veem ‘acordo puro de preços’ em tabela de honorários da OAB Superintendência-Geral do órgão recomenda condenação do Conselho Federal da OAB por suposta infração à ordem econômica

Câmara deve aprovar projeto que regulamenta o trust Ferramenta é usada em planejamentos sucessórios e interessa às famílias mais endinheiradas; texto não trata de regras tributárias

Brasil tem mais civis com acesso a armas do que PMs ou militares ativos Três anos após início da flexibilização, país chega a 46 milhões de permissões de compra de armamentos concedidas a caçadores e atiradores

MPF: Bruno e Dom foram mortos por foto de pesca ilegal Três pessoas foram denunciadas pelos crimes de duplo homicídio qualificado e ocultação dos corpo de indigenista e jornalista no Vale do Javari

Crime ambiental na Amazônia se ramifica por 24 estados Cadeias de atividades ilegais e desmatamento se espalham por 254 cidades do Brasil, mostra análise a partir de operações da Polícia Federal

Ano eleitoral expõe boom de distorção de pesquisas eleitorais Números inflados, cenários seletivos e dados falsos são expedientes usados para favorecer pré-candidatos de forma enganosa

Estrutura machista favorece assédio em empresas Casos aumentam no país, mas impunidade e canais ineficazes desestimulam denúncias

Fazer pausas conscientes no trabalho tem impacto positivo Exercícios ao longo do expediente podem ajudar a aumentar a disposição

Assistentes virtuais assustam donos com compras próprias Erros de compreensão resultam em gastos: veja como inserir travas

Roteiro oferece imersão na história da Serra Gaúcha Vinícolas abrem as portas para visitas guiadas entre parreiras e piqueniques

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos