Bolsonaro e Lula são os candidatos à Presidência mais buscados no Google

Bolsonaro e Lula são os candidatos à Presidência mais buscados no Google. (Getty Images)
Bolsonaro e Lula são os candidatos à Presidência mais buscados no Google. (Getty Images)

De acordo com a Central Google Trends, "O que Bolsonaro fez de bom até agora?" e "O que Lula fez de bom para o Brasil?" estão no topo das pesquisas na ferramenta de busca na internet. Além do eleitor estar buscando o histórico dos candidatos, as buscas também refletem as campanhas, com 'alfinetadas' e acusações. As informações são do O Globo.

Para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), "jose dumont lula" e "audio lula palocci" estão entre os mais buscados. Ambos se referem a tentativas do clã Bolsonaro - tanto o presidente quanto seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), de associarem o petista a fake news envolvendo Antonio Palocci e o ator José Dumont.

Quando eleitor busca informações sobre o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), "Por que Bolsonaro é chamado de genocida?", "Por que Bolsonaro foi preso?" e "Por que Bolsonaro foi expulso pelo exército?" são os principais questionamentos.

Na sequência, vem Ciro Gomes (PDT): entre as buscas, a que mais impera é sobre um eventual apoio do pedetista em segundo turno. A busca mais frequente dos últimos sete dias foi "carta aberta a Ciro Gomes", em que líderes pediam que Ciro deixasse a disputa pela presidência e apoiasse Lula.

Pesquisas eleitorais, como saber em quais posso confiar?

Em meio a essa diversidade de levantamentos existentes no Brasil, muitos eleitores não sabem em quais resultados acreditar.

No primeiro dia do ano passou a ser obrigatório (leia a resolução clicando aqui)o registro junto à Justiça Eleitoral de qualquer pesquisa pública relacionada às eleições para presidente e governador. Porém, se uma pesquisa está registrada não necessariamente significa que ela será confiável, isso porque não há nenhum tipo de fiscalização prévia sobre a metodologia desses levantamentos.

Atualmente, a confiabilidade das pesquisas é garantida no Brasil por meio da transparência. São algumas das informações que devem ser cadastradas junto à Justiça Eleitoral, tornando as pesquisas passíveis de contestação, caso qualquer irregularidade seja encontrada posteriormente:

  • Nome do contratante

  • Valor cobrado pela pesquisa

  • Origem dos recursos investidos

  • Metodologia

  • Período de realização

  • Sistema de fiscalização da coleta de dados

  • Tipo de questionário aplicado

Para identificar os atributos que mais merecem atenção nas pesquisas eleitorais, a reportagem do Yahoo! Notícias conversou com alguns especialistas no assunto e separou uma lista com os pontos mais importantes, confira aqui.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)