Bolsonaro e Moraes trocam cumprimentos cordiais em posse do TST

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Em meio à disputa entre o Executivo e o Judiciário, o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes se encontraram nesta quinta-feira (19) durante evento no TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília.

O mandatário e Moraes, que é considerado um inimigo pelo Planalto, se cumprimentaram cordialmente na solenidade, que marcou a posse de novos ministros no tribunal.

O encontro ocorreu na mesma semana em que o chefe do Executivo fez uma ofensiva contra o magistrado e apresentou ações contra Moraes tanto no Supremo como na PGR (Procuradoria-Geral da República).

A presença de ambos foi anunciada na cerimônia. Quando Moraes foi anunciado, com o ato já avançado, recebeu fortes aplausos dos presentes.

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Edson Fachin, também esteve na solenidade, além do procurador-geral da República, Augusto Aras. Participaram ainda o chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), e o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB).

Apenas o presidente do TST, Emannoel Pereira, discursou na ocasião.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos