'Bolsonaro é um pateta, bandido, corrupto', diz Ciro Gomes sobre Jair Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
“Na pior crise social da história, temos um pateta, bandido na presidência da República”, disse Ciro Gomes (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
“Na pior crise social da história, temos um pateta, bandido na presidência da República”, disse Ciro Gomes (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Em entrevista exclusiva ao Yahoo! Notícias, nesta sexta-feira (31), o ex-governador do Ceará e principal nome do PDT, Ciro Gomes, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é um “pateta, bandido, corrupto”.

“Na pior crise social da história, temos um pateta, bandido na presidência da República”, disse Ciro, referindo-se a Bolsonaro e sua gestão durante a crise no novo coronavírus.

O também ex-ministro criticou a maneira com que a equipe econômica do presidente Bolsonaro está lidando com as reformas.

“É preciso ajudar na renda de pessoas e empresas. Aonde foi que essa porcaria [liberalismo] funcionou?”, indagou, criticando o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Para Ciro Gomes, Guedes sairá do governo. “Ele vai sair, ele não fica, pois as miudezas dele vão irritar o Bolsonaro, que é um idiota”, afirmou.

Leia também

Como solução para enfrentamento ao governo Bolsonaro, além de uma saída para a economia brasileira, Ciro Gomes propôs uma solução para o que ele chamou de “nova esquerda”.

“É necessário olhar e desenhar novas instituições pra proteger o trabalhador. O emprego vai sumir e tudo que for atividade econômica repetitiva vai ser trocado por uma máquina”, avaliou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos