Bolsonaro entra com representação no TSE questionando eleições, diz CNN Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro entrou com representação nesta terça-feira no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a anulação de votos sob a alegação de problemas em algumas urnas eletrônicas, segundo um relatório encomendado por seu partido, o PL.

Segundo a CNN Brasil, a ação apresentada à Justiça Eleitoral com base no relatório patrocinado pela sigla aponta "desconformidades irreparáveis" em urnas com o potencial de "macular" a eleição que resultou na vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Seriam 250 mil urnas envolvidas nesse questionamento.

Diversas vezes nos últimos meses, Bolsonaro fez ataques contra o sistema de votação brasileiro, questionando a confiabilidade das urnas eletrônias, sem nunca apresentar evidências concretas de problemas ou falhas.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)