Bolsonaro erra nome do novo ministro da Saúde por duas vezes

Bolsonaro errou nome do novo ministro por duas vezes. Foto: Reprodução/Facebook

Durante uma entrevista que concedeu à CNN Brasil nesta quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro errou o nome do oncologista Nelson Teich, novo ministro da Saúde, por duas vezes. A entrevista dada por Bolsonaro tinha como objetivo comentar a demissão de Luiz Henrique Mandetta e falar sobre o novo nome que vai comandar o Ministério durante a pandemia de coronavírus.

Em sua declaração, o presidente chamou Nelson de Rubens por duas vezes. Em uma das vezes em que se confunde com o nome do oncologista que ele mesmo escolheu para comandar a pasta, ele diz: “É entendimento por parte do doutor Rubens… o ministro da Saúde, que nós não podemos esquecer a questão da economia”.

Em outra parte da entrevista, ele erra o nome novamente. Porém, se corrige em seguida: “A gente espera que com o Rubens agora… Nelson, desculpa. É que eu não me familiarizei com o nome dele ainda. Com o Nelson”. Mesmo com a gafe, o presidente deu risada do erro e chegou a compartilhar a entrevista em sua página no Facebook.

Leia também:

Bolsonaro e Mandetta não concordavam em relação ao isolamento social por conta do Covid-19. Bolsonaro é a favor do isolamento vertical, no qual apenas pessoas do grupo de risco ficam em casa. Mandetta defendia as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde), que recomenda que todas as pessoas fiquem isoladas.

A expectativa em relação ao trabalho de Teich é que o pensamento dele seja mais parecido com o do presidente sobre flexibilizar a quarentena. Em seu primeiro discurso como chefe da pasta, Teich disse que tem um “alinhamento completo” com Bolsonaro.

Veja os erros do presidente. Eles acontecem aos 5 minutos e 45 segundos e aos 11 minutos e 5 segundos do vídeo abaixo: