Bolsonaro inaugurará escola com seu próprio nome no Piauí

Suposta fachada de escola no Piauí já circula pela internet - Foto: Reprodução/Twitter

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Bolsonaro irá ao Piauí inaugurar uma escola com seu próprio nome

  • Escola, bancada pelo Sesc, terá modelo de ensino militarizado

Jair Bolsonaro (PSL) estará no Piauí para um compromisso curioso nesta quarta-feira (14). O presidente estará em Parnaíba (335 km de Teresina) para participar da inauguração de uma escola com seu próprio nome.

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

Erguida pelo Sesc (Serviço Social do Comércio), a escola terá modelo de ensino militarizado, uma das principais bandeiras do presidente no campo da educação.

Leia também

Localizada na segunda maior cidade do Estado, a escola se chamará "Escola Presidente Jair Messias Bolsonaro". Como pertence ao Sesc, entidade que tem como principal fonte de renda os empresários do setor do comércio, não há restrição legal para que a escola seja batizada com o nome do presidente.

No currículo escolar constará a disciplina "educação, moral e cívica", algo comum nas instituições de ensino da época em que a ditadura militar era vigente no país. O objetivo seria ensinar sobre civismo e patriotismo.

A ideia da homenagem veio do empresário Valdeci Cavalcante, presidente do conselho regional do Sesc no Piauí. "Não estamos homenageando o Bolsonaro. Ele é que irá nos homenagear se aceitar colocar seu nome em nossos anais", declarou ao jornal Folha de São Paulo.

Depois de inaugurar a escola com seu nome, o presidente participará da inauguração de uma avenida batizada com o nome do general João Baptista Figueiredo, último militar que ocupou o cargo de presidente na ditadura, entre os anos de 1979 e 1985.