Bolsonaro estuda recriar Ministério da Segurança, dividindo 'super-poderes' de Moro

Natália Portinari
Os deputados federais Alberto Fraga e Jair Bolsonaro, no plenário da Câmara

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro estuda acomodar seu aliado e amigo, o ex-deputado Alberto Fraga (DEM), como ministro da Segurança Pública. A ideia é recriar a pasta em 2020, dividindo o Ministério da Justiça. A proposta, confirmada por fontes próximas à Presidência, diminuiria os poderes de Sergio Moro, tido como um dos "superministros" de Bolsonaro pelo tamanho de sua pasta.