Bolsonaro exibe militares, sem a presença de outros Poderes

BRASÍLIA, DF,  BRASIL,  07-09-2022 O presidente Jair Bolsonaro participa de desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios.  (Foto Gabriela Biló /Folhapress)
BRASÍLIA, DF, BRASIL, 07-09-2022 O presidente Jair Bolsonaro participa de desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios. (Foto Gabriela Biló /Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) cercou-se de militares no palanque do 7 de Setembro em Brasília. Sem a presença de chefes de outros Poderes e em meio à campanha de contestação do Judiciário e do sistema eleitoral, o cerimonial mudou a disposição dos anos pré-pandemia, colocando os três comandantes militares atrás de Bolsonaro (antes eles ficavam ao lado, mais distantes).

Em destaque, o ministro Paulo Sérgio Oliveira (Defesa), que endossou os questionamentos às urnas no TSE, e o vice na chapa à reeleição de Bolsonaro e antecessor de Oliveira, general Walter Braga Netto. Rodrigo Pacheco, presidente do Congresso, não apareceu –em 2019, no último desfile antes da pandemia, David Alcolumbre estava ao lado do presidente. Nem o aliado Arthur Lira (Câmara) deu as caras nesta quarta.