Bolsonaro fala com apoiadores nos EUA após se hospedar na casa de ex-lutador e perto da Disney

*Arquivo** RESENDE, RJ, 26.11.2022 - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
*Arquivo** RESENDE, RJ, 26.11.2022 - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

KISSIMMEE, FLÓRIDA (FOLHAPRESS) - Dezenas de apoiadores se reuniram neste sábado (31) na porta da casa onde Jair Bolsonaro (PL) se hospedou neste final de 2022 na região de Orlando, no sul dos Estados Unidos.

Ele cumprimentou apoiadores vestindo bermuda e camiseta do Athletico Paranaense.

Bolsonaro deixou o Brasil na sexta (30) e, rompendo uma tradição democrática, não passará a faixa para Lula (PT), que tomará posse na Presidência neste domingo (1º).

O presidente está hospedado em um condomínio fechado na cidade de Kissimmee, na grande Orlando, a poucos minutos dos parques da Disney. A casa, com oito quartos, que pertence ao ex-lutador de MMA José Aldo, pode ser alugada em uma plataforma pela internet por US$ 519 (cerca de R$ 2.750) a diária.

Bolsonaro chegou ao local na noite de sexta e falou brevemente com alguns apoiadores.

Neste sábado (31), saiu várias vezes de casa, quando deu autógrafos e tirou fotos com os partidários. O mandatário chegou a dar uma volta no quarteirão, cercado de seguranças, mas passou a maior parte do período dentro de casa. A cada vez que os apoiadores se reuniam e gritavam "mito" e "melhor presidente do Brasil", saía e tirava algumas fotos.

O acesso ao condomínio tem pouca segurança e é possível chegar à casa caminhando pela calçada. A área de lazer dos fundos, com piscina, foi coberta por uma tenda. A movimentação chamou a atenção de americanos no condomínio.

Havia a possibilidade de que Bolsonaro fosse ao resort do ex-presidente americano Donald Trump em Palm Beach, Mar-a-Lago, na região de Miami, para a virada do ano.

Neste sábado, ele afirmou a apoiadores que ainda não estava decidido sobre a viagem.