Bolsonaro 'foge' pela porta dos fundos para passear por Roma com filho Carlos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazil's President Jair Bolsonaro speaks at a ceremony at the Planalto presidential palace, in Brasilia, Brazil, Wednesday, Oct. 20, 2021. A Senate report recommended Wednesday pursuing crimes against humanity and other charges against Bolsonaro for allegedly bungling Brazil’s response to COVID-19 and contributing to the country having the world’s second-highest pandemic death toll. (AP Photo/Eraldo Peres)
Foto: AP Photo/Eraldo Peres.
  • Presidente saiu pelos fundos da Embaixada brasileira na Itália para evitar jornalistas

  • Ele visitou pontos turísticos e almoçou em uma salumeria

  • Bolsonaro retornou a tempo de uma reunião com assessores

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que está em Roma para participar da reunião anual do G20 neste fim de semana, aproveitou o dia para visitar alguns pontos turísticos da capital italiana nesta sexta-feira (29).

Para escapar dos jornalistas, o presidente deixou a Embaixada do Brasil na Itália, onde está hospedado, pela porta dos fundos. Ele, então, percorreu as ruas da cidade a pé.

Bolsonaro visitou primeiro a praça do Campo de Fiori, que está localizada ao lado da Embaixada. Depois, foi ao Panteão e à Fontana di Trevi.

Ele estava acompanhado de um de seus filhos, o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos), do embaixador do Brasil na França, Luís Fernando Serra, e do ministro da Cidadania, João Roma. Carlos é o único filho do presidente na viagem.

O grupo comeu em uma salumeria, local em que se vende carne curada, chamada Antica. Serra disse a jornalistas que eles pediram copa lombo e queijo pecorino trufado. “O presidente gostou muito”, disse o diplomata, sobre o queijo trufado.

O presidente tomou um refrigerante e não aceitou experimentar uma dose de grappa, um licor italiano, segundo o embaixador. Ele também relatou que os donos do estabelecimento ofereceram o almoço de graça, ao saber que se tratava do presidente brasileiro.

Depois do passeio, o grupo retornou à embaixada para que Bolsonaro participasse de uma reunião com auxiliares para se preparar para o encontro bilateral que terá na noite desta sexta com o presidente italiano, Sergio Matarella.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos