Bolsonaro gargalha ao saber que Kassio Nunes será relator do pedido de impeachment de Moraes

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Bolsonaro parece ter gostado do sorteio de Kassio Nunes (Mateus Bononi/Getty Images)
Bolsonaro parece ter gostado do sorteio de Kassio Nunes (Mateus Bononi/Getty Images)
  • Bolsonaro gargalhou ao ouvir de um apoiador que Kassio Nunes havia sido sorteado como relator do impeachment de Alexandre Moraes

  • Presidente, porém, voltou a reclamar de uma decisão do STF

  • Nunes foi o primeiro magistrado indicado por Bolsonaro e tem se mostrado alinhado com as convicções do governo

Parece ter agradado ao presidente Jair Bolsonaro o sorteio que definiu o ministro Kassio Nunes, do Supremo Tribunal Federal (STF), como relator do impeachment contra o também ministro da Corte Alexandre de Moraes. Ao tomar conhecimento desta informação, Bolsonaro soltou uma gargalhada.

O episódio aconteceu na última segunda-feira e foi relatado pelo Estadão. Em encontro com seus apoiadores, o presidente ouviu de um deles que Kassio Nunes havia sido sorteado e não escondeu a satisfação, antes, porém, de reclamar de mais uma decisão do STF.

Leia também

"Caiu para o Kassio Nunes?”, disse Bolsonaro ao apoiador, antes de gargalhar. "Eu não interfiro em lugar nenhum. Foi clara a decisão de um ministro do STF para abrir impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, e não contra quem possivelmente desviou recurso."

A declaração fez referência ao ministro Luís Roberto Barroso, também do STF, responsável pela ordem ao Senado para que seja aberta a CPI da Covid. Bolsonaro tenta incluir na investigação prefeitos e governadores.

Kassio Nunes tem se mostrado alinhado com as convicções do governo Bolsonaro e foi o primeiro magistrado indicado pelo presidente para ocupar cadeira no STF. Nos primeiros seis meses no cargo, o ministro tomou decisões que agradaram o presidente e sua cúpula, mesmo causando mal estar com outros integrantes no Tribunal.

Entenda o caso

Kassio Nunes foi sorteado relator de uma ação que pede que o Senado dê andamento a um pedido de impeachment contra o colega de corte Alexandre de Moraes, apresentado pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO).

Kassio Nunes tem se mostrado alinhado com as convicções do governo Bolsonaro (Andre Borges/Getty Images)
Kassio Nunes tem se mostrado alinhado com as convicções do governo Bolsonaro (Andre Borges/Getty Images)

O pedido de Kajuru tem como base, entre outros fatos, o que ele considera uma ordem ilegal de Moraes de ter determinado a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que foi detido após gravar um vídeo com duras críticas e ameaças a integrantes do Supremo.

Kajuru está em evidência após ter gravado e divulgado no fim de semana um telefonema do presidente Jair Bolsonaro no qual eles defendem, entre outros temas, que o Senado dê início ao processo de impeachment de Moraes.